Anotações padrão

Para consumir uma API com o java-restify, precisamos especificar os detalhes dos contratos: qual o path, o verbo HTTP utilizado, o formato do corpo da requisição e da resposta, cabeçalhos, etc. Isso é feito com o uso de anotações.

Definição do endpoint

@Path

A anotação @Path é utilizada para construção do path do endpoint. É obrigatória em todos os métodos. Se estiver presente no topo da classe, o conteúdo será concatenado à anotação do método.

@Path("/base/api") //aplicado a todos os métodos
public interface MyApi {
@Path("/resource")
String getResource(); //o endpoint será "/base/api/resource"
}
public interface MyApi {
@Path("/resource")
String getResource(); //o endpoint será "/resource"
}

@PathParameter

É possível construir o path dinâmicamente, baseado nos parâmetros do método.

public interface MyApi {
@Path("/resource/{id}/{name}")
String getResource(String id, String name);
}

No exemplo acima, o path tem duas partes variáveis, chamadas id e name, e o endpoint será construído no momento da invocação do método, usando o valor fornecido para cada argumento. O binding será realizado utilizando os nomes dos argumentos do método.

Para permitir que os nomes dos parâmetros dos métodos sejam obtidos através de reflection, seu código deve ser compilado com a flag -parameters

Caso prefira não utilizar o binding pelo nome dos argumentos, ou quiser associar a varíavel a um nome diferente do nome do parâmetro, é possível utilizar a anotação @PathParameter:

public interface MyApi {
@Path("/resource/{id}/{name}")
String getResource(@PathParameter("id") String identity, @PathParameter("name") String resourceName);
}

É permitido incluir essa anotação nos argumentos do método mesmo sem customizar o nome, tornando explícito que esses parâmetros fazem parte do path:

public interface MyApi {
@Path("/resource/{id}/{name}")
String getResource(@PathParameter String id, @PathParameter String name);
}

Se nenhuma anotação for adicionada ao parâmetro, ele será considerado um @PathParameter.

Métodos HTTP

Também é obrigatório informar qual método HTTP deve ser utilizado. As anotações existentes são:

public interface MyApi {
@Get
@Path("/resource")
String get();
@Post
@Path("/resource")
String post();
@Put
@Path("/resource")
String put();
@Delete
@Path("/resource")
String delete();
@Patch
@Path("/resource")
String patch();
@Head
@Path("/resource")
String head();
@Options
@Path("/options")
String options();
@Trace
@Path("/options")
String trace();
}

Todas as anotações são acima são meta-anotações; elas apenas encapsulam a anotação @Method. Caso deseje utilizar algum outro método HTTP qualquer, também é possível utilizar essa anotação diretamente.

public interface MyApi {
@Method("GET")
@Path("/resource")
String get();
}

Cabeçalhos

A anotação @Header pode ser utilizada para definição de headers da requisição.

@Header(name = "X-Custom-Header", value = "custom header") //aplicado a todos os métodos
public interface MyApi {
@Path("/customers/{id}") @Get
@Header(name = "Accept", value = "application/json")
Customer findCustomerById(String id);
}

As anotações @Header do topo da interface e do método são unificadas no momento da construção da requisição. No exemplo acima, ao invocar o método findCustomerBy, a requisição HTTP terá os cabeçalhos X-Custom-Header(que será enviado em todos os métodos da interface) e Accept.

A anotação @Header é repetível, e pode ser utilizada para informar vários cabeçalhos (no topo da interface ou por método):

@Header(name = "X-Custom-Header", value = "custom header")
@Header(name = "X-Other-Custom-Header", value = "custom header")
public interface MyApi {
@Path("/customers/{id}") @Get
@Header(name = "Accept", value = "application/json")
@Header(name = "X-Custom-Customer-Header", value = "specific custom method header")
Customer findCustomerById(String id);
}

@HeaderParameter

Para cabeçalhos dinâmicos, existe a anotação @HeaderParameter:

public interface MyApi {
@Path("/customers/{id}") @Get
Customer findCustomerById(String id, @HeaderParameter("X-Custom-Customer-Header") String customHeader);
}

Shortcuts

Outras anotações úteis para inclusão de cabeçalhos são:

public interface MyApi {
@Path("/customers/{id}") @Get
@AcceptAll
Customer findCustomerById(String id);
/* @AcceptJson adiciona o cabeçalho "Accept=application/json" */
@Path("/customers/{id}") @Get
@AcceptJson
Customer findCustomerByIdAsJson(String id);
/* @AcceptXml adiciona o cabeçalho "Accept=application/xml" */
@Path("/customers/{id}") @Get
@AcceptXml
Customer findCustomerByIdAsXml(String id);
/* @FormURLEncoded adiciona o cabeçalho "Content-Type=application/x-www-form-urlencoded" */
@Path("/customers") @Post
@FormURLEncoded
Customer createCustomerAsForm();
/* @MultipartFormData adiciona o cabeçalho "Content-Type=multipart/form-data" */
@Path("/customers") @Post
@FormURLEncoded
Customer createCustomerAsMulipart();
/* @JsonContent adiciona o cabeçalho "Content-Type=application/json" */
@Path("/customers") @Post
@JsonContent
Customer createCustomerAsJson();
/* @XmlContent adiciona o cabeçalho "Content-Type=application/xml" */
@Path("/customers") @Post
@XmlContent
Customer createCustomerAsXml();
/* @SerializableContent adiciona o cabeçalho "Content-Type=application/octet-stream" */
@Path("/customers") @Post
@SerializableContent
Customer createCustomerAsSerializable();
}

Cookies

A anotação @Cookie é utilizada para definição de cookies da requisição, que são enviados através do cabeçalho Cookie.

De maneira análoga à anotação @Header, cookies podem ser definidos no topo da interface ou ao nível do método; cookies dinâmicos também podem ser enviados através de argumentos do método anotados com @CookieParameter.

@Cookie(name = "my-cookie", value = "cookie-value") //aplicado a todos os métodos
public interface MyApi {
@Path("/customers/{id}") @Get
@Cookie(name = "other-cookie", value = "other-cookie-value")
Customer findCustomerById(String id);
@Path("/customers/{id}") @Get
Customer findCustomerById(String id, @CookieParameter("other-cookie") String cookie);
}

Query parameters

@QueryParameter

Para o envio de query parameters, utilize a anotação @QueryParameter:

public interface MyApi {
// "/customers?name=..."
@Path("/customers") @Get
Customer findCustomerByName(@QueryParameter String name);
// "/customers?customer_name=..."
@Path("/customers") @Get
Customer findCustomerByName(@QueryParameter("customer_name") String name);
}

@QueryParameters

Para enviar múltiplos parâmetros, naturalmente, pode-se criar um método com vários argumentos anotados com @QueryParameter, mas existem outras alternativas, utilizando a anotação @QueryParameters.

É possível utilizar um único parâmetro do tipo Map<String, ?>:

public interface MyApi {
@Path("/customers") @Get
Customer findCustomerByParameters(@QueryParameters Map<String, String> mapParameters);
}
public static void main(String[] args) {
MyApi myApi = new RestifyProxyBuilder()
.target(MyApi.class)
.build();
// adiciona dois query parameters
Map<String, String> mapParameters = new LinkedHashMap<>;
mapParameters.put("name", "Tiago de Freitas Lima");
mapParameters.put("age", "33");
// /customers?name=Tiago+de+Freitas+Lima&age=33
Customer customer = myApi.findCustomerByParameters(mapParameters);
}

A chave do mapa deve ser do tipo String, e os valores podem ser de qualquer tipo.

Outra opção é utilizar um parâmetro do tipo Parameters, um objeto Map-like que permite adicionar múltiplos valores por parâmetro:

public interface MyApi {
@Path("/customers") @Get
Customer findCustomerByParameters(@QueryParameters Parameters parameters);
}
public static void main(String[] args) {
MyApi myApi = new RestifyProxyBuilder()
.target(MyApi.class)
.build();
// Parameters é um objeto imutável
Parameters parameters = new Parameters()
.put("name", "Tiago de Freitas Lima")
.put("age", "31")
.put("socialPreferences", "facebook")
.put("socialPreferences", "twitter");
// /customers?name=Tiago+de+Freitas+Lima&age=31&socialPreferences=facebook&socialPreferences=twitter
Customer customer = myApi.findCustomerByParameters(parameters);
}

Request body

@BodyParameter

Para enviar um objeto no corpo da requisição, utilize a anotação @BodyParameter:

public interface MyApi {
@Path("/customers") @Post
@JsonContent
Customer createCustomer(@BodyParameter Customer customer);
}

Para que o objeto seja adequadamente serializado, o cabeçalho Content-Type deve, obrigatoriamente, estar definido. No exemplo acima, usando a anotação @JsonContent, o Content-Type da requisição será application/json, e o objeto será serializado nesse formato se houver um converter registrado (consulte a documentação detalhada do mecanismo de serialização/deserialização e dos tipos de conteúdo suportados).

Apenas um argumento do método deve ser anotado com @BodyParameter.

Versionamento

@Version

A anotação @Version pode ser utilizada para indicar explicitamente a versão do endpoint que está sendo consumido. A versão será incluída sempre antes do path especificado para o método.

public interface MyApi {
// /v1/customers
@Version("v1")
@Path("/customers") @Post
Customer createCustomer(@BodyParameter Customer customer);
}
@Path("http://my.api.com")
public interface MyApi {
// http://my.api.com/v1/customers
@Version("v1")
@Path("/customers") @Post
Customer createCustomer(@BodyParameter Customer customer);
}

A anotação também pode ser utilizada no topo da interface, sendo aplicada para todos os métodos:

@Version("v1")
public interface MyApi {
// /v1/customers
@Path("/customers") @Post
Customer createCustomer(@BodyParameter Customer customer);
}

Eventualmente, a estratégia de versionamento da API não será explícita no path, e sim através de algum cabeçalho da requisição. Nesse caso, é possível utiizar a anotação apenas para informar explicitamente a versão, sem incluí-la no path:

public interface MyApi {
// o path construído será "/customers"
@Version(value = "v1", uri = false)
@Path("/customers") @Post
Customer createCustomer(@BodyParameter Customer customer);
}

A informação da versão ainda estará disponível, e poderá ser acessada em um interceptor para inclusão de algum cabeçalho customizado, ou qualquer outra maneira de enviar essa informação na requisição (consulte a documentação detalhada da API de interceptors).

Serialização de argumentos

Para obter o valor do argumento que deve ser concatenado ao path, ao header ou ao query string, é utilizado o método toString() (argumentos com valores nulos são desconsiderados). Mas esse comportamento pode ser customizado através do atributo serializer, presente nas anotações @PathParameter, @HeaderParameter, @CookieParameter, @QueryParameter e @QueryParameters. Esse atributo recebe uma referência para uma implementação da interface ParameterSerializer.

Por exemplo, suponhamos que o argumento do método é do tipo Date, mas queremos concatenar ao path o timestamp. A estratégia padrão, usando o método toString(), não atenderia esse caso de uso.

public interface MyApi {
@Path("/resource/{timestamp}")
String getResourceByTimestamp(@PathParameter(serializer = TimestampParameterSerializer.class) Date timestamp);
}
public class TimestampParameterSerializer implements ParameterSerializer {
@Override
public String serialize(String name, Type type, Object source) {
Date date = (Date) source;
return Long.toString(date.getTime());
}
}